Olhares Transversos

Passadas as comemorações em torno da bem sucedida exposição do Clício Barroso, está na hora de nos voltarmos para a finalização das fotografias que a Arte Plural Galeria, vai levar para expor no Paraty em Foco como galeria convidada: “Olhares Transversos”. Sem dúvida, Fernando Neves e Luciana Carvalho são incansáveis em sua vontade em abrir espaço e divulgar a  boa fotografia.

001 foto Roberta Guimarães - Projeto olaria ocre  (4)

Crédito: Roberta Guimarães

 

São quatro excelentes profissionais aqui de Recife: Roberta Guimarães, Yêda Bezerra de Mello, Gustavo Bettini e Beto Figueroa. Abaixo o texto de apresentação da mostra e um pequeno aperitivo do que será mostrado.

230 catalogo APG

Crédito: Yêda Bezerra de Mello

 

Ensaios diferentes, estéticas próprias que se comunicam umas com as outras quando a questão é refletir sobre o que está próximo sem, contudo, brincar de espelhos e muito menos ecoar modismos estéticos. Quatro fotógrafos pernambucanos que são aqui representados pela APG – Arte Plural Galeria, de Fernando Neves e Luciana Carvalho.

  02 (3)

Crédito: Gustavo Bettini

Olhares transversos que nos mostram o homem ligado à terra, nas imagens das olarias de Roberta Guimarães, os retratos e a visão de Cuba de Beto Figueroa, as cidades múltiplas de Yêda Bezerra de Mello e as cidades criadas de Gustavo Bettini.  Propostas que dialogam com as muitas possibilidades de fazer a fotografia, a criação narrativa de história, que nos apresentam vestígios sem nos impor presenças.

EnCubaDo002 (2)

Crédito: Beto Figueroa

Anúncios

15 comentários em “Olhares Transversos

  1. Estamos certos que escolhemos os bons caminhos. Em nossas empreitadas, nada acontece por acaso. Desde a inauguração da APG, em maio de 2005, buscamos tratar a fotografia como arte do mesmo plano das demais que expomos em nossa pluralidade.

    A partir de 2008, resolvemos profissionalizar mais as nossas ações. E o nome da Simonetta, como curadora e consultora na área de fotografia da Arte Plural, só tem nos trazido boas oportunidades e bons resultados, acrescentando qualidade, conhecimentos e experiência para todos que fazem a fotografia em Pernambuco hoje.

    Porém, o bom disso tudo, é que a gente não construiu apenas uma relação profissional de confiança. Assim como o Clicio, a Simonetta, também, já faz parte do nosso sincero grupo de amigos. Por tudo que ganhamos, só temos a agradecer.

    Abs, Luciana e Fernando

  2. Muito bom conjunto.

    Especialmente a fotografia da Yêda Bezerra de Mello merece um comentário, pois consiste em, usando a fotografia, criar uma descrição ambiental que ultrapassa os limites da perspectiva cônica na qual a fotografia normalmente habita.

    Lembro de ter visto, talvez há 15 anos atrás aqui no MAM-RJ, uma pequena exposição do Allen Jones, o artista POP inglês, na qual havia uma interessantíssima gravura. Era uma gravura longa, comprida, e nela podíamos examinar um teatro de ópera descrito de maneira semelhante. O artista alterando as dimensões da representação espacial convencional ia nos mostrando o que acontecia no corredor dos camarotes, no camarote, na platéia, no palco e nas coxias, assim um pouco como fez a Yêda com a fotografia.

    As demais fotografias não são menos interessantes, aliás, são ótimas.

    Abraços
    Ivan

  3. Oi Simonetta,

    Fico muito feliz em ver amigos com trabalhos representativos como esses e ainda tendo como porta voz a Arte Plural.
    Temos que tirar o chapéu para Fernando e Luciana que estão dando outro sentido para fotografia de PE.
    Estamos vivendo um momento realmente especial no estado e a participação no Paraty reforça tudo isso.

    Parabéns para você também que está contribuindo de forma tão positiva, nos ensinando a cada visita.

    Abração!!!!!

    Mateus.

  4. Comungo da mesma opinião do Mateus. Me sinto imensamente feliz de ver nossa fotografia tão bem representada.

    E penso que esse momento que Pernambuco está vivendo nesta área, se deve ao esforço da Galeria Arte Plural, da AESO, da gerência de Fotográfia da Prefeitura de Recife (tão bem gerida por Mateus), FotoPE e dos profissionais da região sudeste, todos de um modo geral, compartilham de um interesse comum, valorizar, dar força e visibilidade a fotográfia nacional. Sem estrelismos ou vaidades cada um tem contribuído de forma significante.

    E assim, essa nova geração que surge, e da qual faço parte, tem se “nutrido” de forma muito saudável, o que com certeza, se refletirá nas futuras produçòes fotográficas.

    Pessoalmente, só tenho a agradecer pela contribuíção de todas essas pessoas, obrigada Simonetta!!!

  5. Simonetta, fico feliz de poder estar participando desta exposição em Paraty e ,sinceramente ,muito entusiasmada com o momento da fotografia pernambucana. Esse novo horizonte se apresenta por alguns movimentos: a semana de fotografia ,conduzida por Matheus, as conquistas na Fundarpe, mas ,principalmente, pelo espaço e incentivo que Fernando e Luciana tem dado a fotografia em Recife. Só lembrando, na Galeria Arte Plural temos oportunidade de expor, de fazer oficinas e de debater as questões imagéticas. Sem exageros, eu diria que a fotografia daqui começa a se apresentar para outros mundos e as conexões são imprescindíveis ,porque levam e trazem significados. Obrigada por nos dar a oportunidade de compartilhar do seu conhecimento, que Recife tenha mais e mais possibilidades de trocas.

    Abs, Roberta

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s