Fnac, uma homenagem à fotografia

simonetta_web1Não escrevo há algum tempo e explico o porquê. Estou envolvida com um belo projeto da Fnac em homenagem à fotografia. Neste ano a livraria comemora 10 anos no Brasil e, coincidentemente, teremos o ano França no Brasil. Como todos já sabem (os que não sabem podem ler aqui), a Fnac nasce da idéia de dois fotógrafos e até hoje em cada loja existe um espaço para exposições fotográficas. Pois bem, desde o final do ano passado, uma equipe, composta por oito pessoas, foi encarregada de entrevistar os 40 fotógrafos que nestes dez anos tiveram suas fotos circulando pelas lojas Fnac. Estamos viajando pelo Brasil para mostrar um pouco destes profissionais, os lugares onde vivem e seus projetos imagéticos.  Já entrevistamos fotógrafos de São Paulo, Rio, Curitiba e Porto Alegre. Embarcamos na próxima semana para entrevistas em Diamantina, Brasília, Belém. E seguiremos para João Pessoa, Juazeiro do Norte, Salvador. E muito mais. Por isso estou um pouco afastada do blog. Mas vocês podem ver o clipe deste projeto e ter um aperitivo do que será: http://www.youtube.com/watch?v=HaSVVOtjdyY

.

Anúncios

18 comentários em “Fnac, uma homenagem à fotografia

  1. Vivas ao projeto! Pela bagagem cultural e experiência de vida da equipe produtora, a Fnac está em ótimas mãos!

    Admirável, mesmo em tempos de crise, ter investidores gabaritados que promovam a fotografia. Quando o dinheiro encontra a competência para criar cultura é uma das interações mais fecundas e irradiantes, porque beneficia a todos.

    A obra inspiradora desses fotógrafos tem que ser conhecida, especialmente para quem está se formando agora na fotografia se pautar em boas referências.

    —-
    Saudadedocê, fessora.
    Contente porque vai estender os cursos à Livraria da Vila na parceria com o Mam e estará também na pós do IDD com aquele time de feras.
    bjs

  2. Soraya, Simonetta,
    Muito boa sorte ao projeto. Acompanho a FNAC desde
    que a Ática deu o passo maior do que a perna e se enterrou no belo edifício
    de Pinheiros
    (que fechava à meia noite, se me recordo). Participei da última
    exposição
    do Ática Shopping Cultural (era como chamavam-se as mega-stores), um prêmio da
    revista Mergulho, e do concurso
    que a FNAC promoveu com FURNAS, talvez a 1ª mostra de lá. Pros que tem horror à bichinhos, não cliquem nos links.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s