Emergentes!

capa_emergentes Érico Hiller é o tipo de pessoa que fica matutando o que vê, o que lê e o que ouve. É o mote para criar um projeto e sair pelo mundo. Foi assim com o trabalho que fez sobre “Violência contra mulher” que foi exposto no Sesc Vila Mariana. É assim com este seu mais recente trabalho lançado em livro no final do ano passado “Emergentes”, (edição do autor, Patrocínio Gerdau, apoio PAC) quando decidiu  fotografar tensões sociais e ambientais em países qu vivem as mesmo tempo situações de extrema riqueza e pobreza. Entre pesquisa e as fotos em si, passaram-se três anos. 2008 foi praticamente passado viajando por seis países: Brasil, Argentina, China, Índia, México e Russia. Érico não é fotojornalista, mas um documentarista. Aliás os grandes documentaristas da história da fotografia não são fotojornalistas, são movidos por outras questões e outros olhares para fotografar. Érico é assim: movido por um interesse social, atual e contemporâneo, mas acima de tudo movido por sua curiosidade de conhecer. Ele decidiu vivenciar em primeira pessoa o que estava absorvendo teoricamente. Ou como ele mesmo diz em seu texto, belo texto, por sinal: “minha idéia era enfrentar as dificuldades que as pessoas enfrentam, ver em que condições trabalham, se locomovem ou moram e sentir nos meus pulmões o mesmo a poluído que respiram. Na prática, transformei-me em personagem do meu próprio documentário”. 

erico

 

E é dessa forma que ele fotografou e trouxe para nós as suas impressões de viagens. A edição das imagens nos livros é fundamental para isso, mesmo que em alguns instantes, ele tenha se deixado levar pelo clichê, pelas imagem mais fácil (muito por- do- sol para meu gosto). Mas faz parte. O importante é que a teoria ou a pesquisa não sobressai às imagens, ela é pano de fundo, o que torna a leitura das imagens agradável. 

erico1

Érico nos mostra semelhanças, diferenças, transformações a partir do cotidiano das pessoas. Ele não define, não critica, não julga, nos abre a possibilidade de nossas inúmeras e abrangentes considerações sobre o que ele definiu “as ansiedades das nações”.

Vocês também podem acompanhar o desdobramentos da viagem do Érico Hiller em seu blog

Anúncios

Um comentário em “Emergentes!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s