Retratos Falantes

 

Paulo Fridman acaba de lançar o livro “Retratos Falantes”, pela Editora DBA e com texto do poeta Arnaldo Antunes. Este trabalho iniciou em 1999 e teve exposição em 2004, na Pinacoteca de São Paulo”, com curadoria de Diogenes Moura. Foi nessa época que conheci o trbalho e confesso que gostei muito. Escrevi um texto sobre este ensaio por ocasião da exposição. Gostei muito agora ao saber que finalmente ele foi publicado.

Munido de uma câmera e folhas de papel em branco, Paulo Fridman, partiu para um de seus trabalhos autorais. Com uma espécie de estúdio ambulante, começou a fotografar pessoas nas ruas, pedindo que elas respondessem, nas folhas em branco, a três perguntas: Quem é você? O que você pensa do futuro do Brasil? Qual é o seu sonho?

Anúncios

3 comentários em “Retratos Falantes

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s