Os irmão Marques

Acabo de ler o livro Caçadores de Luz, de Alan, Lula e Sérgio Marques, respectivamente repórter fotográfico da Folha; coordenador de fotografia da sucursal de Brasília da Folha e editor de fotografia da sucursal O Globo, também em Brasília. Não é um livro de arrancar suspiros, mas é interessante. Não sei se eles se inspiraram no livro  O Clube do Bangue-Bangue, escrito po Greg Marinovich e João Silva, este sim, imperdível, me pareceu que sim. Mas…não confirmei com eles nem li isso em lugar nenhum. Em todo caso, é interessante ler o outro lado, ou os bastidores de uma fotografia, não como forma de desvendar o mistério, mas de uma forma para sabermos como foi montada, pensada e criada determinada reportagem. Confesso que em alguns momentos a auto-promoção e o auto-elogio me cansaram um pouco. Mas isso tiramos de letra. O importante é saber como se trabalha na imprensa diária e quais as relações da imprensa com o poder. Nem todas as fotos são boas, pelo contrário, mas são as que eles escolheram para contar alguns dos momentos importantes das últimas décadas da vida brasileira. Lembranças contadas em tom coloquial o que dã um bom ritmo ao livro.  Enfim depoimentos que valem a pena ser lidos. Só não entendi a bibliografia no final do livro. Não sei se são livros que eles recomendam, que eles leram, ou o que, afinal eles não aprecem citados nenhuma vez nos textos….

Só um grande e enorme crítica: mais uma vez um livro que fala de fotografia e que perde pela péssima impressão das imagens. Já tive oportunidade de falar e escrever várias vezes sobre isso. A imagem neste livro não é apenas ilustração banal é informação. Muitas vezes lemos um depoimento e olhamos a foto. Sua péssima impressão acaba com tudo.

Anúncios

Um comentário em “Os irmão Marques

  1. Olha o furacão Simonetta outra vez!

    Gosto muito de suas criticas.

    Semana passada li a critica do Boris Kossoy do livro 8xFotografia, nele ele apenas descreve o tema q cada autor escolheu para discorrer, é um texto imparcial e sem graça q nem desperta a curiosidade de ter o livro (seja ele ruim ou bom), parece q ele fala com medo pq todos q escreveram são amigos de trabalho dele e ele não quer magoar ninguém, parece tbm q é algo comum sair um livro de fotografia no Brasil!Não gostei!!

    Gostei muito mais da sua q saio no Estado!

    Grande Beijo!

    Ps: Quinta vou te encontrar lá no MAM!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s